Fitness: Exercícios, Academia e Dicas Importantes

Você sabe o que é fitness? Esse conceito, que vem crescendo muito por aí, com certeza já chegou aos seus ouvidos. O fitness nada mais é do que a boa forma física: o estilo de vida que prega a melhora da saúde por meio da prática de exercícios e uma boa alimentação. Para deixar o sedentarismo, são muitas as medidas que podem ser tomadas. Mas os exercícios são essenciais para quem procura mais qualidade de vida.

Além da perda de peso, os exercícios físicos trazem vários benefícios para a saúde, tanto para o corpo quanto para a mente. Veja alguns motivos para implementar as atividades físicas na sua vida:

  • Melhora do sono: a atividade física gasta bastante energia, por isso seu corpo precisa se recuperar. Você dorme por mais tempo e de modo mais profundo, melhorando o humor e a disposição para o dia seguinte;
  • Reduz o risco de doença: podem prevenir doenças, como derrames, problemas cardíacos, pressão arterial elevada, diabetes e osteoporose. Um bom programa de exercícios pode te manter saudável pelo resto da vida;
  • Previne a obesidade: com ela, vêm junto vários problemas de saúde. Praticando exercícios físicos regularmente, você previne o problema e diminui o percentual de gordura do corpo;
  • Melhora a autoconfiança e a autoestima: com o corpo em forma, você passa a ter muito mais confiança para lidar com as situações de vida. Isso, às vezes, pode mudar radicalmente a forma como uma pessoa leva a sua vida;
  • Melhora a postura: estamos com a postura cada vez pior, por inúmeros fatores. Ela é causada pelo desarranjo de músculos que deveriam estar fortes e alongados. Ao fazer exercícios, a musculatura é trabalhada, melhorando o alinhamento e a sustentação do corpo.

Exercícios para fazer em Casa:

exercícios fitness

Mesmo que muitas pessoas prefiram frequentar uma academia, algumas preferem procurar por exercícios que possam ser feitos em casa. Não gostar ou não conseguir ir à academia não deve ser desculpa para não praticar exercícios, visto que é possível treinar em casa, sem equipamentos ou utilizando os seus móveis.

Para que eles apresentem resultados, é preciso manter uma intensidade moderada, uma duração total de 20 a 30 minutos com uma regularidade de, pelo menos, 3 vezes por semana. O segredo é não desistir, persistindo pelo seu objetivo. Crie metas e faça dessa prática um hábito.

Veja algumas opções para tentar em casa:

  • Exercícios de flexão de braço no solo;
  • Agachamentos;
  • Subir e descer escadas;
  • Polichinelos;
  • Tríceps sobre a cadeira;
  • Prancha;
  • Abdominais;
  • Barra pendurada no batente da porta.

Eles devem ser realizados em forma de circuito, com repetições ou medidos por tempo. Hoje, são muitos os treinos disponíveis para fazer no conforto da sua casa, como o crossfit:

Fitness da Academia:

fitness academia

É claro que, mesmo com a opção de fazer exercícios em casa, a academia é o lugar perfeito para ser fitness. Os treinos são mais intensos, e é possível juntar exercícios aeróbicos com a musculação, dependendo do seu objetivo. Veja outros benefícios de frequentar uma academia:

  1. Orientação profissional: no ambiente da academia, você conta com profissionais capacitados e preparados para atender os alunos. Assim, você desenvolve um treino de acordo com seus objetivos e suas características físicas e biológicas. Você também tem uma garantia a mais de estar fazendo as atividades da forma mais correta possível;
  2. Estrutura apropriada: na academia, você tem todos os aparelhos e equipamentos à sua disposição;
  3. Ambiente motivador: com os profissionais dedicados e as outras pessoas realizando exercícios à sua volta, fica mais fácil ter vontade e motivação para aproveitar os melhores benefícios da atividade física. Treinar com um amigo também é uma opção: assim, você aumenta o nível de frequência nas aulas e garante os melhores resultados.

Dicas Importantes:

dicas fitness

Tenha metas bem definidas. Um bom planejamento sempre ajuda. Deixando claro quais são os seus objetivos, você busca a versão mais apta e saudável de si mesmo. A cada etapa que passa, você se sente mais motivado e entusiasmado, para alcançar mais objetivos. Sem um objetivo em mente. é difícil saber como, quando e quantas vezes se exercitar.

Não corte os carboidratos. Mesmo que eles, de fato, contribuam para o ganho de peso, cortá-los totalmente não é a resposta. Nosso corpo precisa dele para garantir energia. O ideal é substituir os carboidratos refinados pelos que possuem baixo índice glicêmico, como arroz e massa integrais e batata-doce. Eles não induzem os altos picos de insulina, e promovem mais energia durante o treino.

Prepare suas refeições. É de extrema importância manter o corpo abastecido. Caso contrário, ele não terá energia para treinar. A refeição pré-treino deve ser realizada entre 1h e 1h30 antes da prática, com carboidratos de baixo índice glicêmico. Para o pós-treino, a qualidade e o tempo da refeição são muito importantes para a construção e reparação muscular e para a reposição das reservas de energia. Aposte também nos carboidratos, mas adicione as proteínas. O ideal é comer entre 30 e 60 minutos depois da atividade física.

Beba bastante água. Se hidratar adequadamente é muito importante na hora de praticar exercícios. Beber bastante água deixe o corpo alerta e enérgico para um treino completo. A cada 20 minutos de treino, beba entre 200 e 300 ml de água para regular a temperatura do corpo, combater a fadiga excessiva e os batimentos cardíacos desregulados.

Reveja a sua dieta. Inclua alimentos que trazem mais benefícios para o corpo. Alguns deles podem até melhorar o treino e ajudar a ter mais disposição. O ômega 3, por exemplo, é uma gordura que o nosso organismo não produz, e que tem ação anti-inflamatória, auxilia no controle da pressão arterial, protege a retine, melhora o desenvolvimentos cognitivo e ainda ajuda a reduz os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue.

Dê uma chances às proteínas. Ela ajuda na perda de gordura, traz saciedade e sustenta os treinos de força. Também contribui para o crescimento e a reparação dos músculos. Pode ser encontrada nas carnes e nos peixes, ou nos suplementos como o Whey Protein. Além de tudo, a proteína ainda melhora o sistema imunológico e evita as alterações hormonais.

Pesquise sobre suplementos. Para tomá-los, você precisa ter um objetivo, uma planilha de treino e uma alimentação de qualidade. A suplementação deve ser feita com um profissional. São cinco opções para ganhar massa muscular: proteína de lenta absorção, proteína de rápida absorção, creatina, glutamina e BCAA.

Não esqueça dos alongamentos. Um aquecimento direcionado, um alongamento pré-treino e um leve alongamento pós-treino são benéficos e diminuem o risco de lesões. No entanto, deve ser de baixa intensidade.

Fontes:

http://psycnet.apa.org/record/1994-97580-000

http://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1111/1467-9280.t01-1-01430

http://psycnet.apa.org/record/1982-01569-001

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar para o Topo