Dieta Funcional: Veja o Cardápio das Receitas Funcionais que Auxiliam na Perda de Peso!

A Dieta Funcional promove a perda de peso através de uma reeducação alimentar, que acaba beneficiando o funcionamento do organismo, reduzindo o estresse e o risco de várias doenças. Com o consumo de alimentos funcionais, o corpo garante as propriedades nutricionais que precisa, resultando em mais saúde para viver a sua rotina.

O Que É Dieta Funcional?

A DIETA FUNCIONAL visa, por meio de um cardápio equilibrado, garantir o melhor funcionamento do organismo, prevenindo uma série de doenças e mandando embora o estresse e o envelhecimento precoce. Baseada no consumo de alimentos funcionais, ela diminui as comidas processadas e industrializadas do cardápio.

Os alimentos funcionais são aqueles que contribuem com a nutrição e com o bem-estar geral do corpo, prevenindo doenças e, dessa forma, favorecendo a boa forma. São os que possuem propriedades bioativas, antioxidantes, com fibras dietéticas, probióticos, vitaminas e minerais. Esses alimentos são adequados ao seu cardápio com a ajuda da dieta funcional, o que normalmente resulta em reeducação alimentar. Os resultados aparecem de forma natural e definitiva.

Como Fazer a DIETA FUNCIONAL?

dieta funcional

O plano alimentar da Dieta Funcional consiste na restrição dos alimentos processados e industrializados, e na ampliação do consumo de Alimentos Funcionais e Naturais que podem trazer benefícios para o corpo.

No entanto, a dieta funcional não é uma receita regrada, que pode ser seguida e trazer resultado para todas as pessoas. Cada organismo se comporta de uma maneira diferente, por isso o acompanhamento profissional é fundamental. O profissional de nutrição vai identificar as características do seu corpo e, dessa forma, recomendar os alimentos mais adequados para as suas necessidades.

Benefícios da Dieta FUNCIONAL:

O emagrecimento vem como consequência na Dieta FUNCIONAL. Isso porque a adição dos alimentos funcionais faz com que o metabolismo funcione de forma acelerada, queimando a gordura com maior facilidade. Também promove o melhor funcionamento do intestino, diminuindo a sensação de inchaço e a retenção de líquidos.

A DIETA FUNCIONAL busca o bem-estar e o bom funcionamento de todo o organismo. É por isso que as propriedades nutricionais dos alimentos são tão importantes, e devem ser combinadas de forma adequada para cada corpo. Dessa forma, além de emagrecer, ela reduz o risco de várias doenças, os efeitos do envelhecimento, o estresse e os impactos da TPM. Também pode ajudar no aumento da libido e no tratamento de doenças como a diabetes.

Alimentos Funcionais:

alimentos funcionais

Alguns exemplos de Alimentos Funcionais são:

  • Antioxidantes e desintoxicantes: frutas cítricas e vermelhas, aveia, azeite de oliva, linhaça, abacaxi, pepino, mamão, couve, hortelã, gengibre e berinjela;
  • Fibras: arroz integral, banana, quinoa, cereais, ervilha, amêndoa, repolho, lentilha, aveia, feijão, brócolis, milho e cenoura;
  • Gorduras monoinsaturadas: azeite de oliva, semente de girassol, chia, linhaça, abacate, amêndoas, nozes, azeitona e castanha;
  • Fontes de ômega-3: linhaça, chia, nozes e peixes;
  • Prebióticos: alho, cebola, tomate, aveia, mel, banana e aspargo;
  • Probióticos: iogurtes, leites fermentados e alguns queijos.

Alguns superalimentos são destaques na Dieta Funcional. Conheça os mais recomendados:

  • Abacate: é uma fonte rica de gorduras saudáveis, tem ação anti-inflamatória, e é capaz de regular os níveis de colesterol. Tem alto teor proteico e muitas vitaminas. É rico em triptofano, o aminoácido que trabalha na síntese de serotonina, o hormônio do bem-estar, por isso ajuda no controle da ansiedade e da depressão e também no processo de perda de peso;
  • Chá de hibisco: atua como diurético, diminui a vontade de comer doces, tem ação desintoxicante e contribui para afinar a medida da cintura;
  • Chia: é rica em ômega-3, protege o coração, aumenta a saciedade, melhora o ritmo intestinal e auxilia na definição da barriga;
  • Gengibre: é rico em antioxidantes, combate os radicais livres e contribui para desacelerar o envelhecimento. É termogênico, turbina o metabolismo e a queima de gorduras. Também combate as náuseas e diminui a gordura abdominal;
  • Pimenta caiena: desencadeia a produção de endorfinas no cérebro, contribuindo para o bem-estar. Além disso, provoca a vasodilatação e melhora a circulação sanguínea. Também acelera os batimentos cardíacos, estimulando a salivação e o suor intensos, aumentando o gasto de energia pelo organismo e consequentemente ajudando na perda de peso;
  • Suco verde: ajuda a eliminar toxinas, é rico em fibras e melhora o funcionamento do intestino. Também acelera o metabolismo e a queima de gorduras, além de garantir uma maior saciedade.

Exemplo de Cardápio para a DIETA FUNCIONAL:

cardápio dieta funcional

Café da manhã

Suco verde: ½ maçã, 1 folha de couve sem o talo, 1 colher (chá) de raspas de gengibre, ½ cenoura, 1 colher (sobremesa) de chia e 1/3 colher (café) de pimenta-caiena em pó, batidos com 200ml de água.

OU

Suco verde: ½ maçã, 1 colher (chá) de raspas de gengibre, 1 xícara (chá) de agrião sem o talo, 1 colher (sopa) de salsinha, suco de 2 limões e 1/3 de pimenta-caiena em pó, batidos com 200 ml de água + 1 biscoito de arroz integral com 1 fio de azeite extravirgem e orégano.

OU

Suco verde: ¼ de pepino, 1 colher (sopa) de aipo picado, suco de 2 limões, 1 colher (chá) de raspas de gengibre, 1 rodela de abacaxi e 1/3 colher (café) de pimenta caiena em pó, batidos com 200 ml de chá de cavalinha + 1 tapioca com azeite extravirgem, alecrim e orégano.

Lanche da manhã

1 xícara (chá) de hibisco batido com 1 colher (sobremesa) de amora e gotas de limão + 1 castanha-do-pará + 5 amêndoas sem sal.

OU

1 fruta (maçã, pera) com casca + 1 barrinha de cereal.

OU

1 taça de salada de frutas com 1 colher de chia.

Almoço

1 prato (sobremesa) de salada com folhas verde-escuras cruas, temperadas com azeite extravirgem, gotas de limão, alecrim e salsinha + 3 colheres (sopa) de legumes cozidos no vapor + 1 xícara de quinoa cozida + 1 filé médio de peixe assado com tempero de ervas.

OU

1 prato (sobremesa) de salada detox com alface, rúcula, tomate-cereja e castanhas-do-pará + 2 colheres de arroz integral com legumes + ½ concha média de feijão + 1 filé médio de frango grelhado servido com molho ao curry + 1 rodela de abacaxi.

Lanche da tarde

1 pote de iogurte natural desnatada com 1 colher de chia hidratadas.

OU

1 banana prata com 1 colher de chia e 1 colher de óleo de coco.

OU

1 fatia grossa de abacate com 1 colher de cacau em pó e 1 colher de mel.

Jantar

1 prato de sopa de verduras e legumes (brócolis, couve, couve-flor e abobrinha) polvilhada com 1 colher de semente de girassol.

OU

1 prato (sobremesa) de salada de grão-de-bico com atum em lata temperada com 1 colher de gergelim preto e branco, salsinha, cebolinha, 1 fio de azeite extravirgem, gotas de limão e um pouco de sal.

OU

Omelete com ovos caipira (2 claras e 1 gema) recheado com shimeji e shiitake refogados + 1 prato (sobremesa) de salada de rúcula, manga e uva picadas, temperada com 1 fio de azeite extravirgem, gotas de limão e pouco sal.

Ceia

1 copo de suco de uva integral + 1 castanha-do-pará.

OU

3 damascos secos.

OU

1 rodela de abacaxi com 1 colher de canela em pó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar para o Topo