Celulite

Ter a pele saudável e bonita é o desejo de qualquer mulher. Quando surgem manchas, risquinhos ou furinhos, é sinal de que a celulite está começando a fazer parte da sua vida. Mesmo não sendo uma condição médica inicial grave, a celulite incomoda muitas mulheres, devido a aparência que deixa na pele.

A celulite pode aparecer nas coxas, quadris, nádegas e barriga, num aspecto ondulado e granuloso. Ela é um acúmulo de gordura sob a pele e já foi apelidada até de “casca de laranja”. O problema incomoda mais de 60% das mulheres e a busca pelo seu desaparecimento é constante.

Mas calma, é possível acabar com a CELULITE ou prevenir seu surgimento. Saiba tudo sobre celulite, como tratar celulite e como dar adeus para esse aspecto feio da pele!

Celulite:

A Celulite é uma alteração devido ao acúmulo de gordura, água e toxinas nas células. Isso faz com que as células fiquem cheias e endurecidas, ocasionando desníveis na pele que ficam visíveis por meio de furinhos. Dependendo do grau, a celulite pode ter aparência bastante marcante e incômoda, fazendo com que muitas mulheres deixem de utilizar certas roupas para não deixar à mostra.

A celulite, infelizmente, afeta o autoestima de mais de 60% das mulheres. Seja pela aparência estética, ou por dores e incômodos devido a intensidade dos furinhos e ondulações. É importante conhecer o seu corpo e observar se há ou não a presença da celulite, para então buscar formas de preveni-la à uma possível complicação mais grave de saúde.

Causas da CELULITE:

As alterações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação e o consequente aumento do tecido fibroso, fazem com que a pele fique com furinhos, ondulações ou com aspecto granuloso. Mas não é só isso que causa a celulite, envolve ainda outros fatores para o seu surgimento.

  • Alterações hormonais;
  • Uso de pílulas anticoncepcionais;
  • Flacidez;
  • Excesso de peso;
  • Gordura localizada;
  • Retenção líquida;
  • Má circulação.
  • Má alimentação;
  • Sedentarismo;
  • Stress.

Mas não adianta lamentar. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, oito em cada dez mulheres possuem algum grau de celulite. É praticamente inevitável. O problema pode aparecer em diversas fases da vida do ser humano e a boa notícia, é que é possível tratá-la ou preveni-la.

Tipos de celulite:

A celulite nem sempre é fácil de enxergar, isso porquê ela pode se manifestar em 4 tipos de grau de visibilidade. Veja se você faz parte de algum grau da classificação da celulite:

  • 1º Grau: esse é o grau mais leve e que menos causa incômodo nas mulheres, isso porque os furinhos da celulite só aparecem quando a pele é pressionada;
  • 2º Grau: no segundo grau, a celulite já começa a ficar mais visível na pele, tanto quando a pessoa está em pé, como deitada;
  • 3º Grau: no terceiro grau, a visibilidade da celulite já é bastante grande, já que é possível notá-la mesmo quando a pessoa está mais longe;
  • 4º Grau: o último grau da celulite é o mais temido dentre as mulheres. No quarto grau, é possível sentir os furinhos e ondulações da celulite quando passamos a mão. Muitas vezes, podem até causar dores devido a formação de fibroses e graves riscos à saúde.

Se você se encontra no 4º grau da celulite, é importante procurar um médico para ter a orientação de um bom tratamento. Nesse grau, a estética já foi deixada de lado, pois sua saúde pode ser prejudicada devido às possíveis dores das fortes celulites no corpo, que podem se tornarem infecciosas, sendo letais caso não tratadas a tempo.

Sintomas da Celulite:

Engana-se quem pensa que a celulite não tem sintoma, que só é possível descobrir se você tem algum tipo de ondulação nas pernas quando elas realmente aparecem. Muitas vezes, é possível perceber a celulite antecipadamente e buscar formas de preveni-la, antes mesmo de se tornarem totalmente visíveis. Dentre os sintomas da celulite, podemos citar:

  • Endurecimento da região;
  • Dor;
  • Sensibilidade onde há presença de nódulos inflamados;
  • Pele irregular;
  • Região mais fria que outras partes do corpo.

As celulites podem aparecer em qualquer idade ou fase da vida de uma pessoa. Muitas vezes começam a dar sinais quando entramos para puberdade ou na fase de gestação, mas isso varia de pessoa para pessoa. Mesmo que elas não apareçam em grau elevado, é importante estar atento e preveni-las sempre que possível. Afinal, o cuidado não é só com a estética, mas sim com o corpo e com a sua saúde.

Como Tratar a Celulite?

Nem tudo está perdido, a celulite pode ser tratada por um Dermatologista ou Cirurgião Plástico. Veja os principais tratamentos para celulites:

Drenagem Linfática:

A Drenagem Linfática é uma massagem com o objetivo de melhorar a circulação local e assim eliminar líquidos acumulados nos tecidos do corpo. Ela é indicada para todos os graus de celulite, mas possui melhores efeitos nas fases iniciais do surgimento da deformação. Além disso, esse método diminui pequenos nódulos de gordura e a sensação de inchaço.

Massagem Modeladora:

A Massagem Modeladora atua sobre o sistema linfático e nas placas de gordura. Por meio de equipamentos como laser, ultrassom, radiofrequência e aparelhos para congelamento de gordura, possui seus efeitos potencializados e atua contra a celulite.

Endermologia:

Endermologia é um método não invasivo que usa aparelhos motorizados compostos por sistema de sucção de dois rolos. Com o movimento do aparelho, a circulação é estimulada, promovendo a drenagem linfática. É ideal para os graus moderado e grave de celulite, melhorando o aspecto da pele e diminuindo suas ondulações.

Radiofrequência:

A Radiofrequência estimula a produção de colágeno, que diminui traves fibrosas que retraem o tecido da pele, deixando-a cheia de furinhos. O método utiliza radiação eletromagnética de alta frequência, fazendo com que as moléculas de água se agitem e aumentem de temperatura. Esse tipo de tratamento é indicado para todos os graus de celulite e não danifica a pele, é um dos que mais possuem resultados positivos e duradouros, pois restrutura os tecidos de maneira mais intensa.

Masoterapia:

A Masoterapia é um método que utiliza coquetel de medicamentos que diminuem a gordura do local tratado. É aplicado uma pequena quantidade de substância na área a ser tratada, se espalhando pelo organismo. O coquetel é diluído e não causa efeitos colaterais. A técnica do tratamento é invasiva e pode deixar hematomas, mesmo não causando dor. Importante aliar a Massoterapia com treinos regulares, ingestão de líquidos e alimentação equilibrada para melhores resultados.

Bye bye Celulite: como Acabar com a CELULITE?

Se você está no time das mulheres que não suportam os furinhos e ondulações nas pernas, saiba que é possível dar adeus para a Celulite prevenindo seu surgimento. São métodos bem práticos que você pode fazer em casa, veja alguns deles:

1. Use cremes:

Se você faz parte das mulheres que possuem os graus 1 ou 2 da celulite, os cremes podem ajudar muito para minimizar seus efeitos. Sendo produtos específicos anticelulite ou hidratantes de uso genérico, é importante utilizá-los regularmente, duas vezes por dia, por no mínimo dois meses ininterruptos. Assim, é possível notar os primeiros sinais de melhora, que consistem em ter uma pele mais lisa e macia.

2. Alergia ou celulite?

Muitas vezes, a celulite pode ser alguma reação alérgica. Esse é o momento de perceber as reações do seu corpo ao comer qualquer tipo de alimento. Se você notou que elas começaram a aparecer depois de ingerir algum alimento fora do que está acostumada a comer, é preciso tentar descobrir o que está provocando a reação. Nesses casos, o interessante é consultar um nutricionista para uma melhor investigação e bons resultados.

3. Faça massagem com o uso de cremes:

Já falamos que o uso de cremes é uma boa pedida para prevenir a celulite, certo? Então, se você fizer o uso diariamente de hidratantes e ainda aplicá-los por meio de massagem, os resultados são ainda mais intensos. Isso acontece porque quando o produto está sendo massageado na área aplicada, promove uma maior circulação e penetração do produto. Esse método age semelhante à drenagem linfática.

4. Tenha uma alimentação saudável:

Apostar em alimentos a base de legumes, verduras, sementes e frutas é um método essencial para o combate à celulite. Esse tipo de alimentação age como um antioxidante do organismo, ajudando a eliminar substâncias prejudiciais e promovendo o rejuvenescimento da pele.

5. Pratique exercícios físicos:

Praticar exercícios físicos ajuda a queimar as reservas de gordura acumulada e ainda melhora a circulação, elementos que se não cuidados, fazem o surgimento dos furinhos na pele. Por isso, manter o corpo em movimento, seja caminhando, correndo, dançando ou com atividades aeróbicas, é uma forte arma contra a celulite, já que dessa forma a musculatura aumenta e esmaga o problema.

6. Mantenha o corpo hidratado:

Você sabia que grande parte das toxinas do nosso corpo é eliminada por meio da urina e do suor? Só que para isso acontecer regularmente, é preciso manter o corpo sempre hidratado. Para isso, beba bastante água durante o dia, além dela eliminar as substâncias tóxicas do organismo, melhora a circulação e previne o surgimento dos furinhos.

Viu como é possível minimizar os efeitos das deformações da pele causadas pela CELULITE? Cuidando do seu corpo e da sua saúde, é possível deixar suas pernas à mostra sem medo de ser feliz. Afinal, não é só estética, é qualidade de vida e bem-estar em primeiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Voltar para o Topo