Calmante Natural

Hoje em dia, com a rotina corrida que levamos, são cada vez mais comuns os casos de estresse, ansiedade e depressão. Esses transtornos estão relacionados e, às vezes, um pode levar ao outro. A indústria farmacêutica é repleta de remédios para eles. No entanto, eles trazem efeitos colaterais que podem provocar uma queda na qualidade de vida dos pacientes. Sem contar que eles podem viciar, causando dependência física e psicológica. Os calmantes naturais são procurados como uma alternativa a esses remédios, com uma abordagem mais pura e orgânica.

Mesmo que você não tenha sido diagnosticado com algum desses transtornos, mas às vezes se sente nervoso, estressado e ansioso, pode fazer uso dos calmantes naturais. Além de não causarem dependência nem efeitos colaterais, eles acalmam e controlam o estresse, a irritação e o nervosismo que são decorrentes da ansiedade.

Os calmantes naturais atuam nos neurotransmissores do cérebro, diminuindo as respostas ao estresse e à ansiedade, o que acaba por proporcionar um maior bem-estar, mais tranquilidade e equilíbrio. Junto à essas opções naturais, devem ser somadas algumas práticas que melhoram o estilo de vida – como um alimentação saudável e a prática de exercícios físicos – e outras que ampliam a consciência, como a psicoterapia e a meditação.

Calmantes Naturais – Chás:

calmante natural chá

Os chás são uma boa alternativa para os casos em que a crise de ansiedade não é tão grave ou frequente. Eles apresentam os princípios calmantes de forma mais amena. Veja algumas opções:

  • Passiflora: também conhecida como flor de maracujá, ela é fácil de encontrar e possui propriedades sedativas que ajudam a acalmar a ansiedade e favorecer o sono. Este efeito ansiolítico atua diretamente nos receptores de GABA (ácido gama-aminobutírico), o componente químico responsável pelo equilíbrio da agressividade e pelo bom funcionamento do sistema nervoso central;
  • Valeriana: a raiz de Valeriana tem ação calmante e que estimula o sono. É indicada em casos de agitação, insônia, fobia e ansiedade. De acordo com estudos, ela atua com os receptores de serotonina e melatonina no cérebro, neurotransmissores relacionados ao sono. Tem efeito ansiolítico, moderador de humor, relaxante muscular, antiespasmódico e facilitador do sono;
  • Erva de São-João: também conhecido como hipericão, é um bom restaurador para o sistema nervoso, com efeitos antidepressivos. Pode ser usado no tratamento da ansiedade, agitação nervosa e depressão;
  • Camomila: seus efeitos calmantes atuam no sistema digestivo e nervoso, criando uma sensação de harmonia que ajuda a acalmar estados de agitação e nervosismo;
  • Tília: tem propriedades calmantes que auxiliam no tratamento de distúrbios do sistema nervoso, como estresse excessivo, ansiedade e histeria;
  • Melissa: sua ação calmante pode ser utilizada em casos de perturbação do sono, nervosismo e ansiedade. Pesquisas mostram que a cidreira também pode ser usada no tratamento de vítimas de acidente vascular cerebral;
  • Alfazema: sua composição é rica em cumarina e óleos essenciais, com propriedades calmantes e relaxantes que acabam com a tensão nervosa;
  • Raiz de ouro: o extrato da flor de raiz de ouro tem propriedades que modulam a resposta do organismo ao estresse. Seu uso aumenta a capacidade de proteção contra diversas causas de estresse, como os radicais livres, o frio e a atividade física. Também aumenta a capacidade física e diminui a fadiga, com um efeito estimulante;
  • Kava-kava: tem propriedades calmantes e relaxantes que ajudam no tratamento de dores, infecções urinárias, ansiedade, agitação nervosa, cansaço e dor muscular.

Calmantes Naturais – Florais:

calmante natural floral

Os florais utilizam ativos botânicos que têm como principal objetivo restaurar o indivíduo como um todo, transformando o estado emocional em que ele se encontra. Para fazer uso dos florais, você deve consultar um especialista, que identificará as emoções negativas relacionadas à ansiedade e tratá-las com uma combinação de ativos que controlarão e devolverão o equilíbrio às suas emoções.

Calmantes Naturais – Fitoterápicos:

calmante natural fitoterápico

Fitoterápicos são os medicamentos constituídos de matéria-prima natural, que passam por processos farmacêuticos industriais. Você encontra-os em qualquer farmácia, e pode adquiri-los sem receita médica. No entanto, é importante contar com a opinião profissional antes de iniciar qualquer tratamento.

  • Ansiodoron: feito de Avena Sativa, Passiflora e Valeriana, ele é indicado para ansiedade, enurese de origem não orgânica, hipertensões leves, insônia e irritabilidade;
  • Calmaclin: é um calmante natural feito à base de melissa, passiflora e valeriana. Melhora o sono, controla a ansiedade e o estresse. Ele age diminuindo as sensações de tensão e nervosismo, reduzindo a irritabilidade de forma natural;
  • Calman: tem efeito calmante leve, indicado nos quadros de ansiedade e distúrbios de sono;
  • Maracujax: feito à base de polpa de maracujá, berinjela e maçã em pó. Contém flavonoides, alcaloides e saparinas que agem no sistema nervoso central, estimulando a produção de serotonina e promovendo uma maior sensação de bem-estar;
  • Pasalix: composto de 3 extratos fitoterápicos, ele alivia quadros de ansiedade e melhora a qualidade do sono;
  • Recalm: composto de Valeriana, é usado como sedativo moderado, hipnótico e no tratamento de distúrbios do sono associados à ansiedade;
  • Seakalm: feito à base de Passiflora, é indicado em casos de ansiedade leve, como estados de irritabilidade e agitação nervosa e no tratamento da insônia. Atua no sistema nervoso central, produzindo um efeito sedativo e prolongando o período de sono.

Calmantes Naturais – Alimentos:

triptofano

Alguns alimentos também podem ter certo efeito calmante, principalmente quando incluídos em uma dieta equilibrada. Dessa forma, podem amenizar os sintomas da ansiedade.

  • Ricos em triptofano: ajudam a combater a insônia e o estresse, porque a substância estimula a produção de serotonina, o hormônio do bem-estar. Encontrado em carnes, leite e derivados, ovos e amendoim;
  • Alimentos ricos em ácido fólico, vitamina C, antioxidantes e flavonoides também ajudam. São exemplos: banana, aspargos, abacate, frutas vermelhas e castanhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar para o Topo